SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número6Descrição morfológica do diafragma do sagui-de-tufo-branco (Callithrix jacchus)Morfologia dos vasos da base do encéfalo do quati (Nasua nasua) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Veterinária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-736X

Resumo

MATTOSO, Cláudio R.S. et al. Valores hematologicos, de bioquímica sérica e urinários para Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) de cativeiro no estado de São Paulo. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2012, vol.32, n.6, pp.559-566. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2012000600015.

A importância do estudo dos valores hematológicos, de bioquímica sérica e urinários de Cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) baseia-se na necessidade de cuidados e manutenção da sanidade destas populações. Este estudo visou investigar os parâmetros fisiológicos hematológicos, de bioquímica sérica e urinários dos Cachorros-do-mato de cativeiro, comparando as possíveis diferenças sexuais e de faixa etária. Foram colhidas amostras de sangue de 52 animais, pertencentes a diversos Zoológicos do Estado de São Paulo, Brasil. Foram colhidos cerca de 7mL de sangue, que foram utilizados para se obter os valores hematológicos e o perfil de bioquímica sérica. Também foram colhidos 5mL de urina para realização da urinálise. Não se encontraram diferenças entre os valores obtidos para machos e fêmeas tanto na hematologia, quanto na bioquímica sérica. Alguns parâmetros hematológicos e de bioquímica sérica foram afetados pela idade, mostrando diferenças significativas. Os resultados da urinálise foram demonstrados apenas em forma descritiva. Os principais valores encontrados foram, hemácias 4,35+0,73 x 106 células /µL, leucócitos totais 7,72+3,66 x 103 células /µL (predomínio de neutrófilos segmentados), plaquetas 227,06+111,58 x 103 células /µL, ureia 43,06+14,28mg/dL e creatinina 1,03+0,24mg/dL. Os valores hematológicos, de bioquímica sérica e urinários obtidos neste estudo podem ser utilizados como valores fisiológicos de Cachorros-do-mato de cativeiro. Pode-se concluir que as espécies silvestres necessitam de seus próprios valores de referência com necessidade de se diferenciar animais em cativeiro de animais de vida livre.

Palavras-chave : cachorro-do-mato; Cerdocyon thous; animais silvestres; sangue; urinálise; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons