SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue10Distribution and identification of risk areas for bovine cysticercosis in the state of Paraná, BrazilUse of Prosopis juliflora pods as food for sheep and goats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Veterinária Brasileira

Print version ISSN 0100-736X

Abstract

TEIXEIRA, William Timboni et al. Transferência de imunidade passiva e proteinograma sérico de bezerros das raças Crioula lageana e Holandesa preta e branca nos primeiros seis meses de vida. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2012, vol.32, n.10, pp.980-986. ISSN 0100-736X.  https://doi.org/10.1590/S0100-736X2012001000005.

O objetivo do presente trabalho foi verificar e comparar a transferência de imunidade passiva e o proteinograma em bezerros da raça Crioula Lageana (CL) e Holandesa Preta e Branca (HPB). Foram utilizados dois grupos sendo 13 bezerros da raça Crioula Lageana e 10 da raça HPB. Amostras de sangue foram colhidas para a mensuração da proteína sérica total, eletroforese das proteínas séricas, atividade da gama-glutamiltransferase e concentração de IgG pelo método de turvação pelo sulfato de zinco nos períodos entre 24 e 36 horas de vida, 15, 30, 60, 90, 120, 150 e 180 dias. A análise estatística foi realizada pelo teste de ANOVA e Tukey ao nível de 5% de significância, e correlações entre as variáveis. As variações das proteínas séricas obedeceram a um padrão de comportamento fisiológico ao longo dos seis primeiros meses de vida e a produção ativa de imunoglobulinas foi mais precoce nos bezerros da raça Holandesa e mais lenta nos da raça Crioula Lageana, sem provocar qualquer impacto sobre a saúde dos mesmos. A gamaglobulina no primeiro dia de vida (24-36h) correlacionou-se com a IgG (r=0,87 CL e r=0,89 HPB), PTS (r=0,91 CL e r=0,92 HPB), Glob (r=0,99 CL e r=0,98) e GGT (r=0,14 CL e r=0,83 HPB). Conclui-se que não houve falha na transferência de imunidade passiva nos bezerros da raça Crioula Lageana e falha na raça Holandesa Preta e Branca. Os valores de IgG estimados pelo método da turvação pelo sulfato de zinco e das proteínas séricas foram bons indicadores da transferência de imunidade passiva nos bezerros entre 24 e 36 horas de vida.

Keywords : Imunoglobulinas; bovino; proteínas séricas; raças nativas.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License