SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue1Serological response to Neospora caninum infection in goats and agreement between three diagnostic techniques to detect caprine neosporosisAssociation between decreased expression of estrogen receptor alpha, androgen receptor and phosphatase and tensin homolog immunoexpression in the canine prostate author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Veterinária Brasileira

Print version ISSN 0100-736XOn-line version ISSN 1678-5150

Abstract

MELLO, Lauren S. et al. Aspectos clínicos e patológicos de linfoma bovino afetando a medula espinhal. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2019, vol.39, n.1, pp.32-39. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-5150-pvb-6122.

Os aspectos clínicos e patológicos do linfoma bovino afetando a medula espinhal foram avaliados através de um estudo retrospectivo dos protocolos de necropsia durante o período de 2005-2017. De um total de 34 bovinos com linfoma, 24 apresentaram afecção do sistema nervoso central (SNC) restrito a medula espinhal. Todos os bovinos afetados eram fêmeas, da raça Holandesa, com 2,5 a 12 anos de idade (idade mediana de seis anos). Clinicamente, os casos tiveram uma evolução de sete a 21 dias, com a principal alteração neurológica caracterizada por paresia de membros pélvicos, a qual foi observada em 81,8% dos casos. O linfoma afetou frequentemente a medula espinhal de maneira multifocal. Os segmentos lombares foram os mais envolvidos (23/24), seguidos pelos sacrais e cauda equina (20/24), cervicais (5/24) e torácicos (5/24). Os tumores estavam localizados no espaço epidural, periférica à paquimeninge (extradural) e associada ao tecido adiposo. Em dois casos foi também observada mielomalacia hemorrágica progressiva. Os órgãos acometidos com maior frequência, concomitantemente ao espaço epidural, foram os linfonodos (100%), abomaso (79,2%), coração (75%) e rins (45,8%). Microscopicamente, todos os linfomas exibiam um padrão difuso, sem infiltração em meninges e medula espinhal (extradural). De acordo com a classificação da REAL/WHO, todos esses neoplasmas foram incluídos como linfomas de células B maduras. O linfoma difuso de grandes células B (LDGCB) foi observado em 95,8% (23/24) dos casos. Os subtipos classificados dentro do grupo dos LDGCB’s foram em ordem decrescente: imunoblástico (60,9%; 14/23), centroblástico (26,1%; 6/23), anaplásico (8,7%; 2/23), e rico em células T (4,3%; 1/23).

Keywords : Clínica; patologia; linfoma bovino; medula espinhal; neuropatologia veterinária; paresia; linfossarcoma; bovino de leite; bovinos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )