SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue2Seroepidemiological study of feline coronavirus (FCoV) infection in domiciled cats from Botucatu, São Paulo, BrazilSedative and electrocardiographic effects of low dose dexmedetomidine in healthy cats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Pesquisa Veterinária Brasileira

Print version ISSN 0100-736XOn-line version ISSN 1678-5150

Abstract

CONY, Fernanda G. et al. Aspectos clínicos e patológicos em felinos com fibrose pulmonar idiopática. Pesq. Vet. Bras. [online]. 2019, vol.39, n.2, pp.134-141. ISSN 0100-736X.  http://dx.doi.org/10.1590/1678-5150-pvb-5942.

As enfermidades pulmonares intersticiais são um grupo de doenças difusas do parênquima pulmonar, nas quais a fibrose pulmonar está incluída. O objetivo deste trabalho é caracterizar os achados clínicos e patológicos da fibrose pulmonar idiopática em três gatas, e avaliar possíveis agentes etiológicos através dos exames bacteriológicos, micológicos e imuno-histoquímicos. As três gatas tinham entre 10 e 14 anos de idade e histórico clínico de emagrecimento e dispneia. As alterações radiográficas observadas foram similares, com aumento de radiopacidade difuso dos campos pulmonares de padrão misto broncointersticial e eventualmente alveolar. Dois felinos morreram durante procedimento de biópsia pulmonar. No exame de necropsia as lesões eram exclusivas no parênquima pulmonar os quais estavam firmes, hipocreptantes, com aspecto levemente multinodular em superfície pleural e não colapsaram após a abertura da cavidade torácica. Em região pleural havia lesões cicatriciais de aspecto estrelar multifocais, com retração do parênquima. Microscopicamente, todos os gatos apresentaram fibrose multifocal a coalescente, hiperplasia dos pneumócitos do tipo II e hiperplasia e hipertrofia do músculo liso de bronquíolos terminais e acúmulo de macrófagos no interior de espaços alveolares. Não houve crescimento nas culturas bacteriana e micológica, e os exames de imuno-histoquímica para avaliação de possíveis agentes virais (FIV, FeLV, FCoV, FCV e FHV-1) foram negativos em todos os felinos.

Keywords : Clínica; patologia; doenças pulmonares intersticiais; dispneia; imuno-histoquímica; pneumócitos tipo II; felinos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )