SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue1Weed control via intercropping with gliricidia: I. cotton cropMorphological characteristics of turf grasses in response to trinexapac-ethyl application author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Planta Daninha

Print version ISSN 0100-8358On-line version ISSN 1806-9681

Abstract

SILVA, P.S.L. et al. Controle de plantas daninhas por meio da consorciação com gliricídia: II. cultura do milho. Planta daninha [online]. 2009, vol.27, n.1, pp.105-112. ISSN 0100-8358.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582009000100014.

Um dos principais interesses da agricultura moderna é a redução no uso de herbicidas; para isso, diversas alternativas estão sendo investigadas, inclusive a consorciação. A cobertura do solo com ramos de gliricídia (Gliricidia sepium) não tem efeito alelopático sobre o milho ou feijão, mas diminui significativamente a população de algumas espécies de plantas daninhas. O objetivo deste estudo foi avaliar os rendimentos de espigas verdes e de grãos de cultivares de milho, em resposta ao controle de plantas daninhas, por meio da consorciação com gliricídia. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com parcelas subdivididas e cinco repetições. Os cultivares 1051, AG 2060, BRS 2020 e PL 6880 (atribuídos às parcelas) foram submetidos aos seguintes tratamentos: sem capina, duas capinas (realizadas aos 20 e 40 dias após a semeadura) e consorciação com gliricídia. Esta planta foi cultivada em um sistema de transplantio, para garantir germinação uniforme e rápido estabelecimento no campo. A semeadura foi feita em bandejas de 200 células, com uma semente por célula (volume de 35 mL). As plantas emergiram dois a três dias após a semeadura e foram transplantadas para o local definitivo dois a três dias após a emergência. O milho foi semeado no mesmo dia em que a gliricídia foi transplantada. Dezesseis espécies de plantas daninhas ocorreram em diferentes frequências, com distribuição desuniforme na área experimental. Os cultivares AG 1051 e AG 2060 foram os melhores quanto à maioria das características avaliadoras do rendimento de milho verde. O cultivar AG 1051 foi o melhor quanto ao rendimento de grãos. Os maiores rendimentos de espigas verdes e de grãos foram obtidos com duas capinas. Todavia, o fato de as parcelas consorciadas terem apresentado médias intermediárias às médias das parcelas não-capinadas e capinadas - em algumas características avaliadoras do rendimento de espigas verdes e no rendimento de grãos - indica que a gliricídia foi benéfica ao milho e exerceu certo controle sobre as plantas daninhas.

Keywords : Zea mays; Gliricidia sepium; cultivares; milho-verde; rendimento de grãos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License