SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número especialEfeito de herbicidas na atividade microbiana do soloAtividade residual de (imazethapyr+imazapic) para sorgo granífero (Sorghum bicolor) semeado em rotação com o arroz irrigado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Planta Daninha

versão impressa ISSN 0100-8358

Resumo

PINTO, J.J.O et al. Milho (Zea mays) como espécie bioindicadora da atividade residual de (imazethapyr+imazapic). Planta daninha [online]. 2009, vol.27, n.spe, pp. 1005-1014. ISSN 0100-8358.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582009000500014.

Este estudo teve como objetivo avaliar a atividade residual, no solo, do herbicida (imazethapyr+imazapic) aplicado na cultura de arroz irrigado, instalado pelo sistema Clearfield® e tendo como planta bioindicadora o milho, cv. Biomatrix 2202. Os trabalhos foram realizados em casa de vegetação da Universidade Federal de Pelotas, Capão do Leão-RS. O arroz, cv. IRGA 422 CL, foi semeado em caixas de polietileno (60 x 40 x 20 cm). Quando o arroz estava em estádio de 3 a 4 folhas, foram aplicados os tratamentos com o herbicida (imazethapyr+ imazapic) a 0; 25+75; 37,5+112,5; e 50+150 g ha-1, que corresponderam a 0, 100, 150 e 200 g ha-1 no produto formulado. Após a colheita do arroz, o solo foi mantido sem irrigação por 45 dias, quando então foi semeada aveia-preta (Avena strigosa), colhida no início da primavera. Aos 360 e 540 dias após a aplicação dos tratamentos (DAA), foi transferido o solo das caixas de polietileno para dois conjuntos de vasos, onde foi semeado milho, os quais passaram respectivamente a ser identificados como experimentos safra (E1) e safrinha (E2). Nos primeiros 360 e 540 dias entre a aplicação dos herbicidas e a semeadura dos dois experimentos, o solo do E2 permaneceu sem irrigação. As plantas de milho foram colhidas, em estádios de 4 a 5 folhas. As variáveis avaliadas foram: massas secas dos sistemas radical e aéreo, altura de planta e índice de área foliar, sendo esta última avaliada somente no E2. Os dados experimentais foram submetidos à análise de variância (<0,05); havendo significância, eles foram testados por modelos de regressão polinomial. Foram observadas reduções significativas nas massas secas de raiz e parte aérea, altura de planta e área foliar do milho, cv. Biomatrix 2202, semeado até 540 DAA do herbicida (imazethapyr+imazapic) na cultura do arroz, demonstrando que o milho pode ser utilizado como indicador da atividade desse herbicida no solo.

Palavras-chave : arroz-vermelho; arroz Clearfield®; imidazolinonas; persistência no solo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português