SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue2Effects of Corynespora cassiicola on Lantana camaraWeed interference in carrot yield and quality author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Planta Daninha

Print version ISSN 0100-8358

Abstract

GHEREKHLOO, J. et al. Interferência e nível de dano econômico de várias espécies infestantes na cultura de trigo. Planta daninha [online]. 2010, vol.28, n.2, pp. 239-246. ISSN 0100-8358.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582010000200002.

Foram realizados dois experimentos para avaliar os efeitos da interferência de várias espécies daninhas sobre a produtividade e rendimento de trigo e determinar o seu nível de dano econômico (NDE) sobre a cultura. Os experimentos foram conduzidos em 2002, em dois locais no Irã: na Estação de Pesquisa Agrícola (EPA) da Universidade Ferdowsi, Mashhad (E1) e na EPA do Agricultural College, Shirvan (E2). Numa lavoura de trigo de 15 e 28 ha, nas Epa localizadas em E1 e E2, respectivamente, selecionaram-se áreas de 15 x 50 m como local dos experimentos. Estas áreas foram manejadas como outras partes do campo, exceto para o uso de herbicidas. No início do estádio de espigamento foram sorteados 30 pontos de coleta de 50 x 50 cm em cada local. As plantas daninhas presentes em E1 foram: Avena ludoviciana, Chenopodium album, Solanum nigrum, Stellaria holostea, Convolvulus spp., Fumaria spp., Sonchus spp., e Polygonum aviculare. No local E2 as espécies infestantes foram: A. ludoviciana, Erysimum sp., P. aviculare, Rapistrum rugosum, C. album, Salsola kali, and Sonchus sp. Equações foram ajustadas aos dados e os efeitos das densidades das espécies daninhas foram calculadas em termos de densidade interferidora total (DIT). Regressões lineares múltiplas indicaram que apenas A. ludoviciana, Convolvulus spp. e C. album, em E1; e A. ludoviciana, S. kali, and R. rugosum, em E2, tiveram efeito significativo sobre a redução da produção de trigo. NDE foi 5,23 DIT em E1 e 6,16 DIT em E2, os quais foram equivalentes a 5 plantas m-2 de A. ludoviciana ou 12 plantas m-2 de Convolvulus spp. ou 19 plantas m-2 de C. album em E1; e 6 plantas m-2 de A. ludoviciana, 13 plantas m-2 de S. kali e 27 plantas m-2 de R. rugosum em E2. Simulações de NDE utilizando vários preços de grãos de trigo e custos de controle de plantas daninhas permitiram comparar os experimentos sugerindo que uma cultura mais competitiva no local E1 em relação a E2 foi a causa da competitividade mais baixa das infestantes no primeiro local.

Keywords : interferência; competição; rendimento de grãos; regressões matemáticas.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English