SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Effects on the electron transport rate of weeds after amicarbazone applicationEffect of the residual activity of herbicides applied in post-emergence soybean on pearl millet grown in succession author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Planta Daninha

Print version ISSN 0100-8358

Abstract

TREZZI, M.M et al. Técnica do extravasamento eletrolítico para diagnosticar a resistência de biótipos de Euphorbia heterophylla a herbicidas inibidores da protox. Planta daninha [online]. 2011, vol.29, n.3, pp. 655-662. ISSN 0100-8358.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582011000300020.

A ação de herbicidas que afetam a integridade das membranas celulares e causam extravasamento, como os inibidores da Protox, pode ser detectada através da medição da condutividade elétrica (CE) de uma solução em que tecidos da planta-alvo são incubados na presença de herbicida. Os objetivos deste trabalho foram confirmar a resistência a inibidores da Protox em um novo biótipo de Euphorbia heterophylla (EPHHL) do Brasil, e comparar o extravasamento eletrolítico em biótipos R e S a inibidores da Protox, utilizando dois métodos diferentes de incubação em solução contendo herbicidas. Um experimento foi conduzido em casa de vegetação, e três em laboratório, em delineamento inteiramente casualizado. No experimento em casa de vegetação, quatro biótipos de EPHHL foram pulverizados com sete níveis de fomesafen, para confirmar a resistência em biótipos suspeitos. No segundo e terceiro experimentos, discos foliares de biótipos de EPHHL R e S e, no quarto experimento, a folha inteira, foram incubados em solução contendo inibidores da Protox, para depois determinar a CE da solução. O estudo confirmou a resistência aos inibidores da Protox em dois novos biótipos de EPHHL suspeitos. Em experimentos com incubação de discos foliares não houve diferenças significativas entre os biótipos R e S. Mas, na incubação de folhas inteiras de EPHHL com fomesafen, o biótipo S apresentou maior CE, em comparação ao biótipo R. Os resultados deste trabalho são uma evidência indireta de que a resistência aos inibidores da enzima Protox está relacionada à menor absorção de herbicidas pela parte aérea e também a algum mecanismo para fazer frente ao estresse oxidativo.

Keywords : absorção de herbicidas; condutividade elétrica; extravasamento celular; leiteira; mecanismo de resistência.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English