SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue3Lianas of a seasonal semideciduous forest, Paulo de Faria, northern São Paulo State, BrazilReproductive phenology, pollination and seed dispersal syndromes on sandstone outcrop vegetation in the "Chapada Diamantina", northeastern Brazil: population and community analyses author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Botany

On-line version ISSN 1806-9959

Abstract

SILVESTRINI, Milene; VALIO, Ivany Ferraz Marques  and  MATTOS, Eduardo Arcoverde de. Fotossíntese e acúmulo de biomassa sob condições contrastantes de intensidade luminosa em plântulas de uma espécie pioneira e outra climácica de uma floresta estacional semidecidual do Brasil. Rev. bras. Bot. [online]. 2007, vol.30, n.3, pp. 463-474. ISSN 1806-9959.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042007000300011.

Neste trabalho foram avaliadas características fotossintéticas e padrões de acúmulo de biomassa de duas espécies arbóreas de uma floresta estacional semidecidual. Plântulas de Trema micrantha (L.) Blum. (pioneira) e Hymenaea courbaril (L.) var. stilbocarpa (Hayne) Lee & Langenh. (climácica) foram cultivadas por quatro meses sob baixa radiação (BR) (5%-8% da radiação solar incidente) e alta radiação (AR) (100% da radiação solar incidente). Sob AR, T. micrantha apresentou maiores taxas de assimilação de CO2 (ACO2) e ponto de saturação luminosa. Sob BR, ACO2 foram maiores em H. courbaril. Sob BR, o conteúdo de clorofilas e carotenóides totais por unidade de área foliar foi maior em H. courbaril. A razão clorofila a/b foi maior em T. micrantha sob os dois tratamentos. ACO2 e razão Fv/Fm antes do amanhecer e no horário de máxima intensidade luminosa em H. courbaril foram menores sob AR, indicando a ocorrência de fotoinibição crônica. Apesar da suscetibilidade à fotoinibição, H. courbaril teve maior produção de biomassa. Desta forma, ambas as espécies apresentaram características que favorecem o crescimento sob as condições de seu ambiente natural, no entanto H. coubaril também cresceu em AR. A amplitude de respostas ecofisiológicas desta espécie sob condições contrastantes de intensidade luminosa parece ser mais ampla que o comumente observado em espécies climácicas de florestas tropicais úmidas. Nós propomos que isso pode estar relacionado ao regime de luz peculiar das florestas semidecíduas.

Keywords : assimilação de CO2; fotoinibição; Hymenaea courbaril; resposta do crescimento à luz; Trema micrantha.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English