SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue3Correlation between deciduousness and foliar nutrient concentrations in the woody species of "cerrado"Harvesting of Protium heptaphyllum (Aubl.) March. seeds (Burseraceae) by the leaf-cutting ant Atta sexdens L. promotes seed aggregation and seedling mortality author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Botany

On-line version ISSN 1806-9959

Abstract

PIMENTEL, Marina C.P. et al. Variação espacial na estrutura e composição florística de uma vegetação de restinga no Sudeste brasileiro. Rev. bras. Bot. [online]. 2007, vol.30, n.3, pp. 543-551. ISSN 1806-9959.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042007000300018.

A variação em ampla escala espacial para parâmetros estruturais e composição florística foi examinada para uma formação aberta de Clusia, um tipo vegetacional das restingas brasileiras. Esta vegetação é organizada em moitas separadas por areia com esparsa vegetação herbácea. Foram levantadas 12 áreas amostrais em três cordões arenosos paralelos, às margens de duas lagoas costeiras (Cabiúnas e Comprida). Estes cordões estavam dispostos a diferentes distâncias do mar. Cada área amostral foi dividida em três faixas. Usamos o método de intercepto de linha para amostrar todas as plantas lenhosas ³ 50 cm de altura. Foi empregada ANOVA hierárquica para verificar a variação estrutural em diferentes escalas amostrais, e análise de TWINSPAN para examinar a variação na composição florística entre áreas. A diversidade total da área (H') foi de 3,07. Apenas poucas espécies foram repetidamente dominantes ao longo de toda a área amostral. Houve homogeneidade em relação à diversidade e riqueza de espécies entre cordões arenosos, mas não dentro destes cordões. Composição florística e parâmetros estruturais não variaram em relação à distância do mar, mas a composição florística variou em função da lagoa que margeava. As diferenças observadas na cobertura vegetal podem estar relacionadas com a história geológica desta área de restinga.

Keywords : comunidade vegetal; escala amostral; fitossociologia; restinga.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English