SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue2Molecular systematics of Thorea (Rhodophyta, Thoreales) species in BrazilChlorophyceae of Billings (Taquacetuba Arm) and Guarapiranga reservoirs, SP, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Brazilian Journal of Botany

Print version ISSN 0100-8404

Abstract

RIBEIRO, Sérvio Pontes; CORREA, Tatiana Lopez  and  SOUSA, Hildeberto Caldas de. Variabilidade microscópica em defesa mecânica e resposta à herbivoria em folhas micrófilas de espécies herbáceas tropicais da Serra do Cipó, Brasil. Rev. bras. Bot. [online]. 2010, vol.33, n.2, pp.237-246. ISSN 0100-8404.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042010000200005.

Campos de altitude tropicais apresentam várias espécies com folhas micrófilas e altamente esclerófilas que co-ocorrem em manchas de solo específicas e, portanto, expostas a ambientes idênticos. Neste artigo, foi descrita a herbivoria entre espécies micrófilas co-ocorrendo em um ecossistema tropical de campos de altitude na Serra do Cipó, Minas Gerais, e testado o efeito de caracteres anatômicos variáveis no padrão de herbivoria foliar. Os caracteres anatômicos das folhas foram investigados em Baccharis imbricata Heering, Lavoisiera imbricata DC. e L. subulata Triana (espécies em foco). A herbivoria foi medida nos ramos e nas folhas de cada planta coletada e comparada entre as espécies estudadas em uma mancha multiespecífica e entre os indivíduos de L. subulata da mesma mancha e de uma mancha monoespecífica adjacente. Para todas as espécies e indivíduos foi estimada a proporção de folhas com diferentes níveis de área perdida. Para as espécies em foco, seis folhas foram sorteadas e submetidas a cortes histológicos com o objetivo de realizar medidas precisas das possíveis estruturas anatômicas de defesa. A média relativa de área foliar perdida diferiu significativamente entre as seis espécies encontradas na mancha multiespecífica. Indivíduos de L. subulata foram mais atacados na mancha multiespecífica que na mancha monoespecífica. Os caracteres anatômicos de proteção marginal tanto em B. imbricata quanto em L. imbricata apresentaram um efeito significativo contra a herbivoria. Os resultados sugerem o fato de alguns caracteres anatômicos terem efeito direto contra a herbivoria, mas seu efeito não é claramente perceptível entre os ramos de uma mesma planta ou entre plantas de uma mesma espécie.

Keywords : Asteraceae; esclerofilia; fibras; interação inseto-planta; Melastomataceae.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License