SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue3Green algal interactions with physicochemical parameters of some manmade ponds in Zaria, northern NigeriaComposition of periphytic algae (except Bacillariophyceae) in different substrates of a semilotic environment from the Upper Paraná River floodplain, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Botany

Print version ISSN 0100-8404

Abstract

DOUSSEAU, Sara et al. Características fisiológicas, morfológicas e bioquímicas da propagação sexual de Piper aduncum (Piperaceae). Rev. bras. Bot. [online]. 2011, vol.34, n.3, pp. 297-305. ISSN 0100-8404.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042011000300005.

Buscou-se neste trabalho efetuar a caracterização dos diásporos maduros e do processo germinativo de Piper aduncum L., bem como verificar a influência da interação entre presença e ausência de luz (fotoperíodo de 12 horas e escuro) e temperaturas (25 °C, 30 °C e 20-30 °C) e do ácido giberélico (0, 50, 100, 200 e 400 mg L-1) sobre a germinabilidade e o vigor, considerando a protrusão radicular e as plântulas normais. Os diásporos são diminutos com peso de 0,3645 g para mil sementes, 13% de umidade e reserva protéica. São fotoblásticos positivos estritos, na faixa de temperatura testada e a temperatura ótima para a protrusão radicular foi 30 °C, enquanto que para a formação de plântulas normais foi 25 °C. A prévia permanência no escuro levou a um aumento na velocidade de protrusão radicular, e, principalmente, a porcentagem e velocidade de formação de plântulas foram favorecidas. A aplicação de ácido giberélico influenciou negativamente na protrusão e no crescimento da radícula e favoreceu o alongamento do hipocótilo.

Keywords : germinação; giberelina; luz; pós-germinação; temperatura.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English