SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue4Reproductive phenology of Maytenus ilicifolia (Celastraceae) in the Irati National Forest, Paraná, BrazilInfluence of water stress on seed germination and early development in three species of Pleurothallidinae (Orchidaceae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Botany

Print version ISSN 0100-8404

Abstract

NOGUEIRA, Ina de Souza; GAMA JUNIOR, Watson Arantes  and  D'ALESSANDRO, Emmanuel Bezerra. Cianobactérias planctônicas de um lago artificial urbano na cidade de Goiânia, GO. Rev. bras. Bot. [online]. 2011, vol.34, n.4, pp. 575-592. ISSN 0100-8404.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84042011000400011.

Os criatórios de peixe do estado de Goiás são inúmeros e de intensa atividade recreativa. No entanto, estudos sobre as cianobactérias nesses ambientes são escassos, fato preocupante, uma vez que é comum notar-se intensa proliferação do fitoplâncton em pesqueiros, principalmente devido a ações antrópicas. O perigo consiste na formação de florações de espécies potencialmente tóxicas, principalmente de cianobactérias. Este trabalho visa inventariar as espécies planctônicas de cianobactérias ocorrentes em um pesqueiro (lago Jaó - um lago artificial raso) da área municipal de Goiânia (GO) (16º39'13" S-49º13'26" O). As amostragens foram realizadas nos períodos de seca (2003 a 2008) e chuva (2009), quando visualmente era evidente a ocorrência de florações. Foram aferidas variáveis climatológicas, morfométricas e limnológicas. O período de seca foi representativo nos anos amostrados apresentando no máximo 50 mm de precipitação mensal em 2005. Foram registrados 31 táxons de cianobactérias pertencentes aos gêneros Dolichospermum (5 spp.), Aphanocapsa (4 spp.), Microcystis (3 spp.), Pseudanabaena (3 spp.), Radiocystis (2 spp.), Oscillatoria (2 spp.), Bacularia, Coelosphaerium, Cylindrospermopsis, Geitlerinema, Glaucospira, Limnothrix, Pannus, Phormidium, Planktolyngbya, Planktothrix, Sphaerocavum e Synechocystis, esses últimos com uma espécie cada. Nos anos de 2003 a 2005 ocorreu predomínio de florações de espécies de Dolichospermum e em 2006 predominaram espécies de Microcystis, Radiocystis e Aphanocapsa. Das espécies inventariadas neste estudo, 21 são primeiras citações para o estado de Goiás e 13 foram constadas na literatura como potencialmente tóxicas.

Keywords : Aphanocapsa; Dolichospermum; Microcystis; pesqueiro.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese