SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4New thermal inducible Streptomyces phages isolated from tropical soilsChromosomal polymorphism in urban populations of Drosophila paulistorum author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Genetics

Print version ISSN 0100-8455

Abstract

RUIZ, Alfredo; RANZ, José María; CACERES, Mario  and  SEGARRA, Carmen. Chromosomal evolution and comparative gene mapping in the Drosophila repleta species group. Braz. J. Genet. [online]. 1997, vol.20, n.4 ISSN 0100-8455.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84551997000400003.

Uma revisão de nosso recente trabalho sobre a evolução cromossômica do grupo de espécies de Drosophila repleta é apresentada. A maioria dos estudos refere-se ao complexo de espécies buzzatii, um conjunto monofilético de 12 espécies que habitam os desertos da América do Sul e das Índias Ocidentais. Uma análise estatística do comprimento e da distribuição do ponto de quebra de 86 inversões paracêntricas observadas neste complexo mostrou que o comprimento da inversão é um caráter selecionado. Inversões raras são geralmente pequenas, enquanto que inversões evolucionariamente bem sucedidas, fixas e polimórficas, são predominantemente de tamanho médio. Há também uma correlação negativa entre o comprimento e o número de inversões por espécie. Finalmente, a distribuição dos pontos de quebra nas inversões ao longo do cromossomo 2 não é aleatória, com regiões cromossômicas que acumulam até 8 pontos de quebra (possíveis "pontos quentes"). O mapeamento gênico comparativo também foi usado para investigar a organização molecular e a evolução dos cromossomos. Usando hibridização in situ, 26 genes foram precisamente localizados nos cromossomos da glândula salivar de D. repleta e D. buzzatii; outros 9 foram identificados por tentativa. Os resultados são completamente consistentes com as homologias cromossômicas correntemente aceitas entre D. repleta e D. melanogaster, não se encontrando evidências de translocações recíprocas ou inversões pericêntricas. A comparação do mapa gênico do cromossomo 2 de D. repleta com o do cromossomo homólogo 3R de D. melanogaster mostra uma extensa reorganização através de inversões paracêntricas e permite estimar uma taxa de evolução para este cromossomo de cerca de 1 inversão fixada por milhão de anos.

        · abstract in English     · text in English