SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4Molecular cloning of exons II and III of the a-globin major gene from Odontophrynus americanus 2n and 4n (Amphibia, Anura)Milk protein polymorphisms in Brazilian Zebu cattle author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Genetics

Print version ISSN 0100-8455

Abstract

RABELO, Elida M.L.  and  TATA, Jamshed R.. Prolactin inhibits auto- and cross-induction of thyroid hormone and estrogen receptor and vitellogenin genes in adult Xenopus (Amphibia) hepatocytes. Braz. J. Genet. [online]. 1997, vol.20, n.4 ISSN 0100-8455.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84551997000400010.

É bem estabelecido que virtualmente todos os tecidos das larvas de anfíbios são altamente sensíveis à ação mutuamente antagonista dos hormônios tireoideanos (TH) e prolactina (PRL). Porém, não é sabido se os tecidos do anfíbio adulto respondem de uma forma semelhante a estes hormônios. Em um trabalho anterior, nós demonstramos que baixas doses de triiodotironina (T3) potenciam rapidamente e com alta intensidade a ativação pelo estrogênio (E2) de genes silenciosos da vitelogenina (Vit), bem como a autoindução de transcritos de receptores para estrogênio (ER) em culturas primárias de hepatócitos de Xenopus adultos. Esta resposta para o T3 é acompanhada pela ativação da transcrição do mRNA de receptores b para o hormônio tireoideano (TRb). Através das técnicas de Northern blotting e "RNase protection assay", nós agora estamos mostrando que prolactina ovina adicionada por 12 h, juntamente com 2 x 10-9 M de T3, em culturas primárias de hepatócitos adultos de Xenopus bloqueia completamente a ação de T3 na potenciação da indução de mRNA da Vit pelo hormônio E2. PRL também aboliu a autoregulação positiva do mRNA para TRb e a ativação cruzada da autoindução do mRNA do ER. Assim, nós estamos mostrando pela primeira vez que a ação anti-TH da PRL, manifestada em girinos de Xenopus durante a metamorfose, é mantida no fígado adulto, sugerindo que esta ação mutuamente antagonista dos dois hormônios pode ser desempenhada por mecanismos moleculares semelhantes nos tecidos de ambos os estágios do anfíbio.

        · abstract in English     · text in English