SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4Prolactin inhibits auto- and cross-induction of thyroid hormone and estrogen receptor and vitellogenin genes in adult Xenopus (Amphibia) hepatocytesConcanavalin A-reactive nuclear matrix glycoprotein author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Genetics

Print version ISSN 0100-8455

Abstract

SILVA, Ivana Tramontina da  and  DEL LAMA, Marco Antonio. Milk protein polymorphisms in Brazilian Zebu cattle. Braz. J. Genet. [online]. 1997, vol.20, n.4 ISSN 0100-8455.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84551997000400011.

Cinco polimorfismos protéicos do leite bovino foram estudados em raças zebuínas criadas no Brasil através de eletroforese horizontal em gel de amido contendo uréia e 2-mercaptoetanol, utilizando tampão básico e ácido. As freqüências alélicas nos locos a-La, b-Lg, aS1-Cn, b-Cn e k-Cn foram estimadas em seis rebanhos da raça Gir (N = 283), seis da raça Guzerá (N = 205), um da raça Nelore (N = 17) e um da raça Sindi (N = 22), todos provenientes dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, Brasil. As freqüências genotípicas observadas para cada loco em cada raça estudada encontram-se próximas às esperadas supondo equilíbrio genético, evidenciando ausência de coeficientes elevados de endogamia dentro de raças. O valor estimado de FST indica significante diferenciação genética entre as raças. Entretanto, os rebanhos analisados das raças Gir e Guzerá não constituem grupos geneticamente homogêneos. Estimativas de distância genética entre as raças zebuínas estudadas e a raça Holandesa, tomada como referência de raça taurina, mostram uma nítida diferenciação entre estes dois grupos raciais

        · abstract in English     · text in English