SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue4Absence of the E2 allele of apolipoprotein in AmerindiansImage analysis and definition of nuclear phenotypes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Genetics

Print version ISSN 0100-8455

Abstract

MIRANDA, Silvia R.P. et al. Hb Köln [a2b298(FG5) val-met] identified by DNA analysis in a Brazilian family. Braz. J. Genet. [online]. 1997, vol.20, n.4 ISSN 0100-8455.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-84551997000400030.

Hb Köln resulta da substituição do aminoácido valina por metionina na posição 98 da cadeia da hemoglobina. Embora seja a mais freqüente das hemoglobinas instáveis, possui poucas características que permitem distinguíla sem a realização de análise estrutural da molécula. Com o objetivo de desenvolver um procedimento alternativo à análise protéica, este trabalho descreve a identificação da Hb Köln através de análise de DNA. Uma paciente branca, sexo feminino, 4 anos de idade, com icterícia desde o nascimento, foi analisada, apresentando uma banda anômala entre A2 e S em eletroforese em acetato de celulose, e migração eletroforética semelhante a Hb C em gel de agar. Os testes de instabilidade térmica e de precipitação pelo isopropanol foram positivos e foram observados corpúsculos de Heinz no sangue periférico. Os três exons do gene da globina foram seqüenciados e uma transição de G ® A foi identificada na primeira posição do codon 98. Essa alteração não cria ou abole nenhum sítio conhecido de enzima de restrição. Desta forma, a confirmação da mutação foi levada a efeito através de hibridização com oligonucleotídeos aleloespecíficos, o que permitiu o estabelecimento de um método simples e rápido de identificação de novos casos quando os dados clínicos e o padrão hematológico e eletroforético sugerem Hb Köln.

        · abstract in English     · text in English