SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número1Análise da aceitação de aguardentes de cana por testes afetivos e mapa de preferência internoEfeito do uso da cepa starter de Penicillium nalgiovense na qualidade de salames índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Food Science and Technology

versão impressa ISSN 0101-2061versão On-line ISSN 1678-457X

Resumo

LIMA, Carlos A. P.; ORSI, Reinaldo B.; DILKIN, Paulo  e  CORREA, Benedito. Microbiota fúngica e espécies aflatoxigênicas em derivados de arroz beneficiado. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2000, vol.20, n.1, pp.37-39. ISSN 0101-2061.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612000000100008.

Foram coletadas trinta amostras de arroz em casca, armazenados por 6, 12 e 24 meses em armazéns oficiais situados no Estado do Rio Grande do Sul. Após beneficiamento do produto obteve-se 90 amostras (30 de arroz brunido, 30 de farelo e 30 de palha) nas quais verificou-se a microbiota fúngica, a presença de espécies produtoras de aflatoxinas e a contaminação por aflatoxinas. Os seguintes gêneros fúngicos foram isolados em ágar batata dextrose, em ordem decrescente de freqüência, Aspergillus spp., Nigrospora spp., Penicillium spp.; Fusarium spp.; Mucor spp.; Cladosporium spp.; Trichosporon spp. e fungos não esporulados. O grau de contaminação fúngica (unidades formadoras de colônia/grama de produto) foi baixo no arroz brunido, aumentando progresivamente em amostras de farelo e palha. Entre as espécies de Aspergillus, A. candidus foi isolado com maior frequência seguido de A. flavus. Das cepas isoladas de A. flavus 52,6% foram produtoras de aflatoxinas do grupo B. As análises micotoxicológicas das 90 amostras não revelaram a presença de aflatoxinas nos derivados do arroz.

Palavras-chave : aflatoxinas; Aspergillus flavus; microbiota; arroz armazenado; arroz beneficiado.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons