SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue4Physicochemical changes in cashew apple (Anacardium occidentale L.) Juice processingInfluence of temperature on the rheological behavior of jaboticaba pulp author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Food Science and Technology (Campinas)

On-line version ISSN 1678-457X

Abstract

CAMPAGNOL, Paulo Cezar Bastianello et al. Salame elaborado com Lactobacillus plantarum fermentado em meio de cultura de plasma suíno. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2007, vol.27, n.4, pp. 833-889. ISSN 1678-457X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612007000400032.

Este trabalho teve por objetivo produzir uma cultura starter com uma cepa de Lactobacillus plantarum em um meio de cultura com plasma suíno e verificar a viabilidade de sua aplicação em salame. O meio de cultura foi preparado com plasma suíno e água destilada (1:1, pH 11,0). Após a esterilização, 300 mL foram adicionados de 400 mL de uma solução estéril de glicose e difosfato de potássio. A cepa de Lb. plantarum foi semeada no meio de cultura e submetida à fermentação em pH 7,0, durante 36 horas (100 rpm, 37 ± 0,1 °C). Ao alcançar a fase estacionária, a cultura foi centrifugada e ressuspendida em leite desnatado estéril, liofilizada e aplicada em salame. A influência do inóculo foi avaliada nas características microbiológicas, físico-químicas e sensoriais de salames. Os resultados encontrados foram comparados com tratamentos sem adição de cultura starter e com uma cultura comercial. O microrganismo Lb. plantarum teve um crescimento máximo de 9,82 Log UFC.mL-1, após 30 horas de fermentação. Os salames elaborados com a cultura starter produzida apresentaram uma queda de pH significativamente maior, e menor valor de atividade de água que os demais tratamentos. O microrganismo Lb. plantarum melhorou significativamente o sabor dos salames.

Keywords : cultura starter; plasma suíno; salame.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese