SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Stability of the microstructure and carotenoids contents of the freeze-dried pequi (Caryocar brasiliense Camb.) pulp in the powdered formProtein and mineral contents of native species, potential vegetables, and fruits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Food Science and Technology (Campinas)

On-line version ISSN 1678-457X

Abstract

ZAICOVSKI, Cristiane Brauer et al. Efeito de danos mecânicos, da redução de temperatura e 1-MCP no metabolismo pós-colheita de brócolis Legacy. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2008, vol.28, n.4, pp. 840-845. ISSN 1678-457X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612008000400012.

O etileno acelera o metabolismo pós-colheita de brócolis, e sua síntese é induzida por danos mecânicos e pelo aumento da temperatura. Para testar esta hipótese, foram realizados 03 experimentos. No primeiro, avaliou-se o efeito do dano mecânico na produção do etileno; no segundo, estudou-se o efeito do armazenamento refrigerado; e, no terceiro, o efeito do 1-MCP no metabolismo e conservação de brócolis. Os resultados mostraram que o dano mecânico aumenta significativamente a produção do etileno, passando de 0,25 a 501,83 mL.h-1 g-1, duas horas após a aplicação do tratamento. Já, no tratamento controle, os incrementos foram menores, passando de 0,27 para 203,13 mL.h-1 g-1. Durante o armazenamento, observou-se que a deterioração ocorreu mais rapidamente no tratamento controle (20-22 °C), com intenso amarelecimento, degradação de clorofilas e formação de odor desagradável. Os brócolis armazenados a 0-2 e a 5-7 °C mantiveram boa qualidade por 12 dias. A aplicação de 1-MCP não contribuiu para prolongar a vida-de-prateleira de brócolis Legacy a 20-22 °C, não tendo havido efeito na preservação da coloração esverdeada, nem na prevenção da degradação de clorofilas.

Keywords : coloração; clorofilas; amarelecimento; clorofilases; etileno.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese