SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue4Bitterness Unit and iso-alfa-acids contents of some brands of Brazilian and North American beersMicrobiological evaluation of frozen fruit pulps author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Food Science and Technology (Campinas)

Print version ISSN 0101-2061
On-line version ISSN 1678-457X

Abstract

SOUZA, Joana Maria Leite de et al. Variabilidade físico-química da farinha de mandioca. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2008, vol.28, n.4, pp.907-912. ISSN 0101-2061.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612008000400022.

Este trabalho teve como objetivo avaliar a variabilidade físico-química da farinha de mandioca comercializada no município de Cruzeiro do Sul - AC por meio da análise multivariada. Foram analisadas 18 amostras de diferentes farinhas de mandioca, quanto às variáveis: umidade, cinzas, lipídios, proteína bruta, fibra bruta, carboidratos totais, acidez e pH. A aplicação da análise multivariada de agrupamento segundo o método de Tocher permitiu o estabelecimento de cinco grupos de farinhas. Os grupos IV e V foram considerados de alta qualidade, o primeiro por apresentar o menor teor de cinzas e o maior de proteína bruta, e o segundo por apresentar o menor teor de umidade e o maior teor de carboidratos dentre os grupos. As técnicas de análise multivariada foram coerentes para identificar as farinhas mais heterogêneas. A identificação de grupos distintos indica a existência de variabilidade nas farinhas de mandioca comercializadas na região de Cruzeiro do Sul - AC, podendo esta variabilidade estar relacionada, especialmente com o processo de produção.

Keywords : farinha de mandioca; heterogeneidade; análise multivariada.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License