SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número3Isolamento de fungos associados a grãos de café cv. Iapar 59 de origem de solo e árvore em diferentes tempos de colheitaPropriedade antibacteriana de óleos essenciais de especiarias sobre bactérias contaminantes de alimentos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Food Science and Technology (Campinas)

versão On-line ISSN 1678-457X

Resumo

ANACLETO, Daniela de Almeida; SOUZA, Bruno de Almeida; MARCHINI, Luis Carlos  e  MORETI, Augusta Carolina de Camargo Carmello. Composição de amostras de mel de abelha Jataí (Tetragonisca angustula latreille, 1811). Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2009, vol.29, n.3, pp. 535-541. ISSN 1678-457X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612009000300013.

As características físico-químicas do mel produzido pelas abelhas sem ferrão ainda são pouco conhecidas, principalmente devido à elevada diversidade da flora apícola e à baixa produção que é inerente a estas espécies. O objetivo deste trabalho foi determinar as características físico-químicas de 20 amostras de mel de Jataí (Tetragonisca angustula), do município de Piracicaba, estado de São Paulo, contribuindo para o estabelecimento de um padrão de qualidade do mel das abelhas sem ferrão brasileiras, possibilitando o controle da fraude deste produto. Desta maneira, as seguintes análises foram realizadas: açúcares totais, açúcares redutores, sacarose aparente, umidade, hidroximetilfurfural, proteínas, cinzas, pH, acidez, índice de formol, condutividade elétrica, cor, atividade diastásica e atividade de água. Os resultados demonstram que a legislação atual, referente ao mel de Apis mellifera, não é adequada para todos os caracteres analisados, reforçando a necessidade de um padrão próprio para os méis de meliponíneos.

Palavras-chave : abelhas sem ferrão; análises físico-químicas; mel de abelha Jataí.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português