SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Introducing the concept of critical Fo in batch heat processingEffect of diet, statin, and ômega-3 fatty acids on the blood pressure and lipidemia in humans author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Food Science and Technology (Campinas)

Print version ISSN 0101-2061

Abstract

FALCAO, Ana Paula et al. Comportamento reológico e estabilidade de antocianinas de uvas Merlot (Vitis vinifera L.) e Bordô (Vitis labrusca L.) em sistema modelo de geléia. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2009, vol.29, n.4, pp. 857-862. ISSN 0101-2061.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612009000400024.

As antocianinas, pigmentos responsáveis pela cor vermelha das uvas, são facilmente degradadas por vários mecanismos de reação, através da ação do oxigênio, enzimas, pH e temperatura, entre outras variáveis. Neste trabalho, um sistema modelo de geleia foi desenvolvido utilizando extrato de uva das variedades Bordô e Merlot e polissacarídeos (gomas xantana e locusta) em diferentes temperaturas (45, 55 e 65 °C). A estabilidade dos pigmentos antociânicos e o comportamento reológico foram estudados. Para a determinação da estabilidade, calculou-se o tempo de meia-vida (t½) e a constante velocidade de reação (primeira ordem) (k). Para o comportamento reológico, as constantes foram determinadas utilizando-se o modelo matemático Power law. O sistema modelo desenvolvido que utiliza a temperatura de 45 °C mostrou os melhores resultados para o t½ das antocianinas. Os valores de k para os tratamentos 45, 55 e 65 °C não foram significativos (p > 0,05). Observou-se que com o aumento da temperatura de desenvolvimento do sistema modelo de geleia houve um aumento no índice da consistência.

Keywords : Vitis vinifera L.; Vitis labrusca L.; antocianina; goma xantana; comportamento reológico.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English