SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número3Obtenção de microcápsulas do éster etílico do ácido docosa-hexaenoico (DHAEE) por atomização: otimização através de planejamento experimentalLipases e esterases: como definir e classificar? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Food Science and Technology

versão impressa ISSN 0101-2061

Resumo

FIORENTINI, Ângela Maria et al. Influência de diferentes combinações de bactérias probióticas e temperaturas de fermentação nas características microbiológicas e físico-químicas de bebidas lácticas fermentadas contendo extrato hidrossolúvel de soja sob estocagem em refrigeração. Ciênc. Tecnol. Aliment. [online]. 2011, vol.31, n.3, pp.597-607. ISSN 0101-2061.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612011000300008.

Bebidas lácticas contendo probióticos foram elaboradas com leite UHT integral, soro de queijo Mozarela, extrato hidrossolúvel de soja e açúcar. Três formulações foram estudadas, cada uma contendo diferentes combinações de bactérias probióticas/starters e fermentadas em duas temperaturas (37 e 45 °C). O objetivo foi verificar a influência destas variáveis sobre a viabilidade de microrganismos probióticos e sobre a estabilidade físico-química das bebidas lácticas durante armazenamento sob refrigeração (21 dias a 7 °C). Os resultados indicaram que a temperatura de fermentação foi significativa para a viabilidade de bactérias probióticas. A contagem de Lactobacillus acidophilus foi influenciada pelo tempo de armazenamento, resultando adequada ao final de 21 dias apenas para a bebida fermentada a 37 °C. Os parâmetros físico-químicos não variaram drasticamente, demonstrando a estabilidade das formulações durante a estocagem. As células de Bifidobacterium spp. apresentaram elevada capacidade de sobrevivência, possivelmente pela presença de promotores de crescimento provenientes da soja e do soro de queijo. A temperatura de fermentação de 37 °C possibilitou contagens acima do limite mínimo para todos os microrganismos estudados, sendo preferida ao invés de 45 °C. A inclusão de extrato hidrossolúvel de soja, uma fonte de prebióticos, resultou em um produto simbiótico, com mais vantagens para a saúde do consumidor.

Palavras-chave : Bifidobacterium spp; Lactobacillus acidophilus; bebidas lácticas; soja; probióticos; alimentos funcionais.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons