SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número3Trombólise tardia e espontânea de artéria renal sem comprometimento funcionalFisioterapia intradialítica na reabilitação do doente renal crônico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Jornal Brasileiro de Nefrologia

versão impressa ISSN 0101-2800

Resumo

PERES, Luis Alberto Batista; BADER, Sérgio Luiz; BIELA, Rubia Bethania  e  LIBERALI, Gabriela Bonissoni. Fístula arteriovenosa pós-nefrolitotripsia percutânea. J. Bras. Nefrol. [online]. 2009, vol.31, n.3, pp. 232-234. ISSN 0101-2800.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002009000300011.

Fístula arteriovenosa (FAV) é uma rara complicação pós-nefrolitotripsia percutânea (NLP). Apresentamos o caso de um paciente de 70 anos, sexo masculino, que apresentou sangramento maciço após NLP, tratado por angioembolização renal superseletiva com implante de stent. Após a embolização, houve resolução do sangramento. FAV é uma complicação incomum da NLP, que pode ser tratada com sucesso com angioembolização.

Palavras-chave : fístula arteriovenosa; nefrolitotomia percutânea; nefrolitotripsia percutânea.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português