SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue3Ten-year follow-up of kidney transplantation with living unrelated donor author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Jornal Brasileiro de Nefrologia

Print version ISSN 0101-2800

Abstract

VIANNA, Heloisa R et al. Inflamação na doença renal crônica: papel de citocinas. J. Bras. Nefrol. [online]. 2011, vol.33, n.3, pp. 351-364. ISSN 0101-2800.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-28002011000300012.

A doença renal crônica (DRC) é um grave problema de saúde pública cuja prevalência tem aumentado nos últimos anos. Apresenta caráter progressivo e está associada à elevada morbidade e mortalidade. Inúmeros fatores estão associados à instalação e progressão da DRC, tais como obesidade, hipertensão arterial e diabetes mellitus. Além desses fatores, existem evidências de inflamação na fisiopatologia da DRC. Diversas citocinas e quimiocinas têm sido detectadas no plasma e urina de pacientes em estágios precoces da DRC e também relacionadas às complicações da doença. A expressão desses mediadores e a lesão renal sofrem interferência de fármacos como inibidores de enzima conversora de angiotensina (ECA), estatinas e antagonistas de receptores de citocinas. A modulação da resposta imuno-inflamatória pode se tornar alvo para tratamento da DRC. O objetivo deste artigo de revisão foi resumir as evidências científicas do pa-pel da inflamação na DRC, destacando-se os efeitos de citocinas e quimiocinas.

Keywords : Citocinas; Quimiocinas; Inflamação; Falência renal crônica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese