SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Procedures for cold test in maize seeds: prechilling and position of substrate inside the cold roomDesiccation tolerance in coffee seeds (Coffea arabica L.) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

BARROS, Daniella Inácio; NUNES, Helber Véras; DIAS, Denise Cunha Fernandes S.  and  BHERING, Maria Carmen. Comparação entre testes de vigor para avaliação da qualidade fisiológica de sementes de tomate. Rev. bras. sementes [online]. 2002, vol.24, n.2, pp. 12-16. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222002000100003.

Sementes de tomate cultivar Santa Clara, representadas por quatro lotes, foram avaliadas com o objetivo de estudar a eficiência de diferentes testes de vigor na determinação da qualidade fisiológica de sementes desta espécie. Foram realizados os testes de germinação, primeira contagem de germinação, germinação a baixa temperatura, emergência das plântulas em solo, envelhecimento acelerado e deterioração controlada. Os resultados obtidos permitiram concluir que o teste de envelhecimento acelerado e a primeira contagem do teste de germinação não foram eficientes para separar os lotes em diferentes níveis de vigor. Os testes de germinação a baixa temperatura (18ºC) e emergência das plântulas em solo permitiram agrupar os lotes em dois níveis de vigor. O teste de deterioração controlada a 41ºC com o período de 48 horas e sementes com grau de umidade de 24% mostrou-se mais promissor, pois permitiu separar os lotes em níveis de vigor, apresentando similaridade com a classificação fornecida pelos resultados dos testes de germinação a baixa temperatura e emergência das plântulas em solo.

Keywords : tomate; semente; vigor.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese