SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2The influence of temperature, substrate and light on bertalha seed germinationPriming temperature effects on viability and vigor of Pterogyne nitens Tull seeds author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

MENDES, Angela Maria da Silva; FIGUEIREDO, Antenor Francisco de  and  SILVA, José Ferreira da. Crescimento e maturação dos frutos e sementes de urucum. Rev. bras. sementes [online]. 2005, vol.27, n.2, pp. 25-34. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222005000200005.

Este experimento foi conduzido, em sistema multiextratado em Manaus - Amazonas, com finalidade de estudar o crescimento e a maturação de frutos e de sementes de urucum (Bixa orellana L.). No período de máxima floração foram marcadas cerca de 1.500 flores e, a partir desta data, uma vez por semana, colheram-se, ao acaso, 45 frutos até a idade em que os frutos atingiram a maturidade de colheita, totalizando 12 coletas. Em cada colheita, foi realizada descrição detalhada do estádio de desenvolvimento dos frutos. Também foi determinada a matéria seca dos frutos e das sementes; comprimento e diâmetro dos frutos; comprimento, diâmetro, umidade, viabilidade e vigor das sementes. As sementes de urucum começam a germinar aos 62 dias após a antese, quando alcançam 62,5% da matéria seca total. O crescimento das sementes, com relação ao acúmulo de matéria seca, apresentou um padrão sigmoidal e atingiu o valor máximo de matéria seca aos 76 dias após a antese. Nesta fase, as sementes estão com a máxima germinação e vigor, com a área da calaza circundada por anel lilás e funículo marrom e os frutos mudam de coloração de vermelha para tons amarelados caracterizando o ponto de maturidade fisiológica.

Keywords : Bixa orellana; sistemas agroflorestais; qualidade fisiológica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese