SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Soybean seeds use in the state of Paraná - BrazilEffect of temperature and participation of phytochrome on the control of seed germination in Cecropia glaziovi sneth (Cecropiaceae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

BERTI, Melissa; AHRENS, Dirk Cláudio  and  BEUSSO, Daniele Regina. Secagem estacionária de sementes de trigo com utilização de gás liquefeito de petróleo. Rev. bras. sementes [online]. 2005, vol.27, n.2, pp. 81-86. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222005000200012.

O objetivo deste trabalho foi verificar a qualidade física e fisiológica das sementes de trigo em função da utilização de gás liquefeito de petróleo (GLP) na secagem estacionária e determinar a curva de secagem em comparação à secagem estacionária em estufa. Sementes de trigo, cultivar OR-I, com teor de água inicial de 15,3%, foram secas até 12,6%, em um secador estacionário de tubo central horizontal perfurado. A amostragem das sementes foi realizada em intervalos de 45 minutos durante a secagem, em três posições diferentes do cilindro central (proximal, mediana e distal da fonte de calor). A qualidade física da semente foi avaliada pelo teor de água, peso de mil sementes e temperatura da massa de semente em pontos distintos. A qualidade fisiológica foi avaliada por testes de vigor e germinação. A velocidade média obtida na secagem a gás foi de 0,9 pontos percentuais por hora (pph-1). O tempo dispendido para a redução do teor de água de 15,3% para 12,6%, foi de três horas, além de mais uma hora usada para o resfriamento da semente. A velocidade de secagem reduz a medida que aumenta a distância das sementes ao cilindro central (no ponto proximal à fonte de calor 1,00pph-1 e no ponto distal 0,73pph-1), em função da temperatura da massa de sementes ser maior no ponto proximal. A temperatura na massa de semente aumenta gradativamente nos pontos mais próximos à fonte de calor durante a secagem. A temperatura de secagem permanece estável durante o processo com a utilização de gás liquefeito de petróleo. Os resultados dos testes de germinação e vigor mostram a possibilidade de utilização do gás liquefeito de petróleo como combustível na secagem estacionária de sementes de trigo.

Keywords : teor de água; temperatura; germinação; emergência das plântulas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese