SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número1Métodos para avaliação do vigor de sementes de soja, incluindo a análise computadorizada de imagensEquacionamento da qualidade inicial de sementes de milho e soja para aplicação no modelo de probit índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Sementes

versão impressa ISSN 0101-3122

Resumo

PEREIRA, Welison Andrade; SAVIO, Filipe Luis; BOREM, Aluízio  e  DIAS, Denise Cunha Fernandes dos Santos. Influência da disposição, número e tamanho das sementes no teste de comprimento de plântulas de soja. Rev. bras. sementes [online]. 2009, vol.31, n.1, pp.113-121. ISSN 0101-3122.  https://doi.org/10.1590/S0101-31222009000100013.

O teste de comprimento de plântulas possui vantagens significativas para a avaliação do vigor de sementes. Além do baixo custo, não há necessidade de equipamentos sofisticados, nem recursos humanos altamente especializados e os resultados são obtidos rapidamente. Contudo, tem-se notado a presença de plântulas com hipocótilos grossos e curtos na realização deste teste quando conduzido com 20 sementes de soja, o que pode interferir nos resultados. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do tamanho da amostra (20 e 10 sementes), diâmetro do rolo de germinação (três diâmetros) e tamanho das sementes (peneiras 12, 13 e 14) sobre os resultados do teste de comprimento de plântulas de soja. Neste teste, realizado com 20 sementes, a disposição das sementes em duas fileiras, o diâmetro do rolo de germinação e o tamanho das sementes interferiram nos resultados do teste. No teste conduzido com 10 sementes tais efeitos não foram observados, indicando que tal metodologia favorece a reprodutibilidade dos resultados.

Palavras-chave : metodologia; comprimento de plântulas; soja.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons