SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue1Desiccation tolerance of eggplant pollenControlled deterioration of beetroot seeds author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

LIMA, Liana Baptista de; PINTO, Tais Leite F.  and  NOVEMBRE, Ana Dionisia da Luz Coelho. Avaliação da viabilidade e do vigor de sementes de pepino pelo teste de tetrazólio. Rev. bras. sementes [online]. 2010, vol.32, n.1, pp. 60-68. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222010000100007.

O objetivo do presente trabalho foi adequar o teste de tetrazólio para avaliação da viabilidade e do vigor das sementes de pepino. As sementes foram hidratadas entre papel a 25 ºC e por imersão em água a 40 ºC, durante 30 e 60 minutos. Após a hidratação, o tegumento foi removido e, em seguida, os embriões foram imersos em água a 40 ºC por 30 e 60 minutos para retirar a membrana que cobre o embrião. Posteriormente, foi realizada a coloração dos tecidos pela imersão em soluções 0,075% e 1% de tetrazólio por 60 minutos a 40 °C no escuro. Para a avaliação, foram estabelecidas três classes: 1) sementes vigorosas, 2) sementes viáveis não vigorosas e 3) sementes não viáveis. Definido o método, sementes de 12 lotes de pepino foram avaliadas pelos testes de tetrazólio, germinação, emergência das plântulas e envelhecimento acelerado. O teste de tetrazólio pode ser utilizado para avaliar a viabilidade e o vigor de sementes de pepino. Para a condução do teste, as sementes secas devem ser cortadas no lado oposto ao do eixo embrionário, imersas em água a 40 ºC por 60 minutos, para a retirada do tegumento, e por mais 60 minutos a 40 ºC, para a remoção da membrana interna, e, em seguida, imersas em solução de tetrazólio 0,075%, a 40 ºC no escuro por 60 minutos.

Keywords : Cucumis sativus; análise de sementes; qualidade de semente.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese