SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Detection, transmission and pathogenicity of fungi on Blepharocalyx salicifolius (H.B.K.) Berg. seedsChemical and biological treatments of castor bean seeds: effects on germination, emergence and associated microorganisms author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

JACOB JUNIOR, Elias Abrahão et al. Alterações na arquitetura de plantas e na qualidade fisiológica de sementes de canola em função da densidade de semeadura. Rev. bras. sementes [online]. 2012, vol.34, n.1, pp. 14-20. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222012000100002.

O objetivo neste estudo foi avaliar alterações nos componentes de rendimento e na qualidade fisiológica de sementes de canola, em diferentes densidades de semeadura. O experimento foi instalado em casa-de-vegetação, na Empresa REIPESOL, localizada na cidade de Madri - Espanha. Utilizou-se a variedade hibrida comercial "Toccata". Inicialmente a densidade de semeadura foi de 360 mil plantas por hectare. Posteriormente realizou-se o raleio obtendo-se as densidades de 360, 250 e 180 mil plantas por hectare. As sementes foram encaminhadas para Universidade Politécnica de Madri, onde foram avaliadas alterações na arquitetura das plantas, bem como, a qualidade fisiológica de sementes oriundas de diferentes partes da planta. As plantas de canola apresentaram alterações na morfologia e nos componentes do rendimento em resposta às variações na densidade de semeadura. A população de 250 mil plantas por hectare apresentou o melhor rendimento. O número de vagens por planta foi o componente que mais influenciou no aumento da produtividade. A distribuição espacial das sementes na planta e a densidade de semeadura não afetam a qualidade fisiológica das sementes.

Keywords : Brassica napus; componentes do rendimento; qualidade de sementes.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English