SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Test of exudates color hues for evaluating the physiological potential of coffee (Coffea arabica L.) seedsAdhesion of uredospores of Phakopsora pachyrhizi on soybean seeds and their viability during storage author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

BARROCAS, Ellen Noly et al. Sensibilidade da técnica PCR na detecção de Stenocarpella sp. associados às sementes de milho. Rev. bras. sementes [online]. 2012, vol.34, n.2, pp. 218-224. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222012000200005.

Sementes de milho infectadas por Stenocarpella são importantes fontes de inóculo para a introdução e disseminação da podridão do colmo e da espiga e mancha foliar de macrospora em campos de produção. O uso de sementes sadias constitui uma importante estratégia para o controle preventivo dessas doenças. A disponibilidade de métodos rápidos para a detecção desses fungos em análises de rotina é uma das dificuldades em programas de controle de qualidade de sementes de milho, já que o método utilizado demanda longo tempo e sua identificação é bastante subjetiva. O objetivo desse trabalho foi investigar o uso da técnica PCR para a detecção desses patógenos em sementes de milho. Para isto sementes de milho inoculadas com S. maydis  foram misturadas a sementes sadias de modo que formassem lotes com incidências de 100, 20, 10, 2, 1 e zero%. O par de primers utilizado para detectar S. maydis foi capaz de detectar o máximo de 2% de incidência, todavia os primers não foram suficientes para diferenciar as duas espécies.

Keywords : fungo; detecção molecular; podridão do colmo e da espiga; mancha foliar de macrospora.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English