SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Morpho-anatomy and histochemistry of the seed of sororoca (Phenakospermum Guyannense Rich.) Endl. - Strelitziaceae)Crambe fruit quality during storage author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Sementes

Print version ISSN 0101-3122

Abstract

OHSE, Silvana; REZENDE, Bráulio Luciano Alves; LISIK, Danilo  and  OTTO, Rosana Fernandes. Germinação e vigor de sementes de melancia tratadas com zinco. Rev. bras. sementes [online]. 2012, vol.34, n.2, pp. 288-292. ISSN 0101-3122.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222012000200014.

O experimento foi conduzido com objetivo de avaliar os efeitos da aplicação de doses de zinco sobre a germinação e o vigor de sementes de melancia. Os tratamentos constaram da aplicação de sete doses de zinco (0; 0,19; 0,38; 0,76; 0,95; 1,14 e 1,52 g de Zn kg-1 de sementes), utilizando como fonte o ZnSO4.7H2O. Os efeitos da aplicação de Zn sobre as sementes e plântulas foram avaliados pelo teste de germinação (porcentagem de plântulas normais e anormais + sementes mortas), com quatro repetições, e por teste de vigor (comprimento, massa fresca e seca de plântulas), com cinco repetições, sob delineamento inteiramente casualizado. O tratamento de sementes de melancia, cv. Crimson Sweet com Zn, aumentou a germinação até a dose de máxima eficiência técnica, a qual foi de 0,95 g de Zn kg-1 de sementes. O tratamento de sementes de melancia com diferentes doses de Zn reduziu o vigor das sementes, quando avaliado pelo teste de comprimento e massa fresca e seca de plântulas.

Keywords : Citrullus lanatus; micronutrientes; tratamento de sementes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese