SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número3Summers depois de Hansen? Comparação das explicações convencionais e não convencionais acerca da estagnação nas economias avançadasA Virtù Econômico-Monetária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Political Economy

versão impressa ISSN 0101-3157versão On-line ISSN 1809-4538

Resumo

PEREIRA, HUGO CARCANHOLO IASCO  e  CURADO, MARCELO LUIZ. Revisitando o debate inercialista da inflação brasileira. Brazil. J. Polit. Econ. [online]. 2018, vol.38, n.3, pp.489-509. ISSN 1809-4538.  https://doi.org/10.1590/0101-35172018-2793.

O objetivo deste artigo foi investigar as teorias da inflação inercial representadas pelas versões dos autores da PUC-RJ e da FGV-SP em uma perspectiva comparada, enfatizando os elementos teóricos comuns e como isto se materializou nas propostas de estabilização para a economia brasileira. Embora exista um background comum às teorias, com rigor analítico, elas são substancialmente diferentes, constituindo estratégias de estabilização bastante díspares. Concluiu-se que o inercialismo não pode ser considerado um corpo teórico uniforme, sobretudo no tocante a ruptura com a ortodoxia e a concepção monetária, conflito distributivo e plano de estabilização e o imperativo de neutralidade distributiva.

Palavras-chave : Teorias da Inflação Inercial; Perspectiva Comparada e História do Pensamento Econômico.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )