SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número4Capital social e pobreza no BrasilQuem, afinal, apoiou o Plano Collor? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Political Economy

versão impressa ISSN 0101-3157versão On-line ISSN 1809-4538

Resumo

KANG, THOMAS H.. Educação e projetos de desenvolvimento no Brasil, 1932-2004: uma crítica. Brazil. J. Polit. Econ. [online]. 2018, vol.38, n.4, pp.766-780. ISSN 1809-4538.  https://doi.org/10.1590/0101-35172018-2891.

A 2ª Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (2nd LDB), promulgada em 1971, mudou a configuração dos níveis de ensino no Brasil. Essa mudança tornou difícil a construção de uma base de dados confiável para o século XX. Trabalhos anteriores sobre a história econômica da educação no Brasil utilizaram dados da dissertação de Maduro (2007). Wjuniski (2013) usou essa base de dados e realizou testes de quebra estrutural. Ele concluiu que o governo brasileiro investiu pouco na expansão do ensino secundário. Entretanto, Wjuniski não considerou alguns problemas como: (i) a confiabilidade dos dados e (ii) os efeitos da 2a LDB nos dados de despesa em educação. Este artigo mostra que os dados de gasto educacional no Brasil não nos permitem afirmar que houve uma queda nos gastos com o ensino secundário com a mudança da lei após 1971.

Palavras-chave : História econômica; financiamento educacional; gasto com educação; economia política da educação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )