SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número1Política Industrial e Divisão Internacional de TrabalhoO Novo Desenvolvimentismo e o desafio de 2019: superar a estagnação estrutural da economia brasileira índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Political Economy

versão impressa ISSN 0101-3157versão On-line ISSN 1809-4538

Resumo

HOLLAND, MÁRCIO. Crise fiscal no Brasil: causas e remédio. Brazil. J. Polit. Econ. [online]. 2019, vol.39, n.1, pp.88-107. ISSN 1809-4538.  https://doi.org/10.1590/0101-35172019-2918.

De 2014 a 2017, o Brasil experimentou uma deterioração fiscal sem precedentes causada por fatores multidimensionais. De acordo com a literatura econômica, para lidar com tal crise, é recomendado adotar um programa de consolidação fiscal baseado em corte de gastos mais do que baseado em aumento de impostos. Contudo, a forma como a crise evoluiu recentemente no Brasil traz uma nova perspectiva de orientação de política fiscal. O artigo sugere um programa de consolidação fiscal combinando tanto corte de gastos quanto aumento de impostos. De um lado, a peculiaridade dos gastos governamentais brasileiros demanda reformas com impactos duradores, mas geralmente apresentam baixo impacto fiscal de curto prazo. De outro lado, como os resultados fiscais de curto prazo ancoram a confiança, aumentos em impostos seriam pilar importante da política econômica para mitigar a deterioração fiscal no curto prazo. É esperado que a contração do PIB seja mais severa do que no caso de simples medidas de corte de gastos, mas provavelmente a contração seria menos prolongada.

Palavras-chave : Crise Fiscal; Economia Brasileira; Ajustamento Fiscal; Programa de Consolidação Fiscal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )