SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número4Celso Furtado como Economista Romântico do SertãoAs origens do anticapitalismo no jovem Marx índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Political Economy

versão impressa ISSN 0101-3157versão On-line ISSN 1809-4538

Resumo

STASZCZAK, DARIUSZ ELIGIUSZ. Recessões e uma mudança na base teórica das recuperações: uma visão da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal. Brazil. J. Polit. Econ. [online]. 2019, vol.39, n.4, pp.675-688.  Epub 17-Out-2019. ISSN 1809-4538.  https://doi.org/10.1590/0101-31572019-3013.

Este artigo analisa as razões das recessões mundiais em 1974-1975, 1980-1982 e 2008-2009 e métodos para melhorar a economia baseando-se em várias teorias da macro­economia e de acordo com a visão da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal. Várias razões práticas das três recessões modernas (isto é, os choques do petróleo e a bolha da especulação) e várias atividades governamentais para recuperar a economia explicam a mudança de posições dos estados e das corporações transnacionais no sistema global. Governantes políticos baseados em teorias desenvolvimentistas ou liberais da macro­economia de forma intercambiável. A crescente importância das corporações transnacionais e suas influências na teoria das recuperações confirmam a correção da teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal.

Palavras-chave : crise econômica e financeira global; recessões mundiais; choques do petróleo; bolha da especulação; teoria Keynesiana; curva de Phillips; teoria monetária; teoria da economia do lado da oferta; teoria da estabilidade hegemônica da corporação estatal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )