SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue1Nihilism and politics in Leo StrausTension and ambiguity in the philosophy of Jean-Paul Sartre author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Trans/Form/Ação

Print version ISSN 0101-3173

Abstract

PERIUS, Cristiano. A definição da fenomenologia: Merleau-Ponty leitor de Husserl. Trans/Form/Ação [online]. 2012, vol.35, n.1, pp. 137-146. ISSN 0101-3173.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-31732012000100009.

O trabalho de definir o que é a fenomenologia, desde a Fenomenologia da Percepção, suscitou uma tomada de partido em relação ao pai da fenomenologia. A crítica ao idealismo de Husserl, o papel da ambiguidade, a impossibilidade de redução completa, entre outros grandes temas, personalizam a fenomenologia de Merleau-Ponty em relação ao mestre. O objetivo do ensaio é mostrar como, na descrição do "método" fenomenológico, Merleau-Ponty se afasta dos conceitos fundamentais de Husserl, sem deixar de retornar continuamente a ele.

Keywords : Merleau-Ponty; Fenomenologia; Husserl.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese