SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue74Who are we, mathematics teachers?Sharing knowledgement in geometry: investigating and learning with our students author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Cadernos CEDES

Print version ISSN 0101-3262

Abstract

SANTOS, Vinício de Macedo. A matemática escolar, o aluno e o professor: paradoxos aparentes e polarizações em discussão. Cad. CEDES [online]. 2008, vol.28, n.74, pp. 25-38. ISSN 0101-3262.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622008000100003.

Neste artigo são caracterizadas e discutidas questões que estão no centro das preocupações e ações do professor de matemática como concepções de conhecimento matemático, de ensino e aprendizagem, a relação entre conteúdo e metodologia de ensino, entre trabalho individual e coletivo etc. Essas questões têm marcado as atividades de formar professores e de ensinar matemática, assumindo um caráter de dualidades irreconciliáveis ou de paradoxos aparentes com implicações sobre o ensino e a aprendizagem. Considera-se reducionismo indesejável atribuir importância a um dos pólos, desqualificando o outro, ou adotar uma posição multipolar sem que se explicite e compreenda o problema epistemológico subjacente a possíveis antagonismos. Por em questão alguns dos mitos enraizados no nosso ideário de professores pode significar um exercício de reflexão que nos esclareça sobre dificuldades instauradas no ensino de matemática e indique meios para saná-las.

Keywords : Ensino de matemática; Ideário do professor; Paradoxos aparentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese