SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número77Paisagens da compreensão: contribuições da hermenêutica e da fenomenologia para uma epistemologia da educação ambiental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262

Resumo

LIMA, Adriana Teixeira de; REIGOTA, Marcos Antonio dos Santos; PELICIONI, Andréa Focesi  e  NOGUEIRA, Eliete Jussara. Frans Krajcberg e sua contribuição à educação ambiental pautada na teoria das representações sociais. Cad. CEDES [online]. 2009, vol.29, n.77, pp. 117-131. ISSN 0101-3262.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622009000100008.

A Teoria das Representações Sociais (TRS) começou a ser conhecida e divulgada no Brasil principalmente a partir de 1990 no âmbito da Psicologia Social, configurando um movimento que coincidiu com o aumento das preocupações de segmentos da sociedade brasileira com as questões ambientais e a defesa de tese de Reigota no campo da Educação, que articulava essas tendências. Com a publicação dos dois primeiros livros desse autor, a TRS se tornou uma opção às pesquisas em educação ambiental. A aproximação da teoria aos Estudos Culturais, bem como à pedagogia freireana e à pós-moderna, possibilitou a fundamentação de outros trabalhos. Um deles, que originou este artigo, trata da contribuição do sentido político e pedagógico da trajetória e obra de Frans Krajcberg à educação ambiental, enfatizada nas narrativas escritas por componentes do grupo de pesquisa "Perspectiva Ecologista de Educação", da Universidade de Sorocaba, após o encontro com a obra do artista em Curitiba.

Palavras-chave : Frans Krajcberg; Representações sociais; Educação ambiental; Estudos culturais; Práticas pedagógicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português