SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número77Paisagens da compreensão: contribuições da hermenêutica e da fenomenologia para uma epistemologia da educação ambiental índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262

Resumo

LIMA, Adriana Teixeira de; REIGOTA, Marcos Antonio dos Santos; PELICIONI, Andréa Focesi  e  NOGUEIRA, Eliete Jussara. Frans Krajcberg e sua contribuição à educação ambiental pautada na teoria das representações sociais. Cad. CEDES [online]. 2009, vol.29, n.77, pp. 117-131. ISSN 0101-3262.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622009000100008.

A Teoria das Representações Sociais (TRS) começou a ser conhecida e divulgada no Brasil principalmente a partir de 1990 no âmbito da Psicologia Social, configurando um movimento que coincidiu com o aumento das preocupações de segmentos da sociedade brasileira com as questões ambientais e a defesa de tese de Reigota no campo da Educação, que articulava essas tendências. Com a publicação dos dois primeiros livros desse autor, a TRS se tornou uma opção às pesquisas em educação ambiental. A aproximação da teoria aos Estudos Culturais, bem como à pedagogia freireana e à pós-moderna, possibilitou a fundamentação de outros trabalhos. Um deles, que originou este artigo, trata da contribuição do sentido político e pedagógico da trajetória e obra de Frans Krajcberg à educação ambiental, enfatizada nas narrativas escritas por componentes do grupo de pesquisa "Perspectiva Ecologista de Educação", da Universidade de Sorocaba, após o encontro com a obra do artista em Curitiba.

Palavras-chave : Frans Krajcberg; Representações sociais; Educação ambiental; Estudos culturais; Práticas pedagógicas.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português