SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número84Jovens olhares sobre a escola do ensino médioJovens no ensino médio normal: apontamentos de trajetórias em formação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Cadernos CEDES

versão impressa ISSN 0101-3262

Resumo

PEREGRINO, Mônica. Juventude, trabalho e escola: elementos para análise de uma posição social fecunda. Cad. CEDES [online]. 2011, vol.31, n.84, pp. 275-291. ISSN 0101-3262.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32622011000200007.

No quadro da retração estrutural do número de postos de trabalho e da expansão da escolarização, a juventude emerge como um problema social. A extensão do tempo de convivência entre trabalho e escola é uma das bases da questão. No Brasil, o problema entra em cena a partir da década de 1990 com contornos próprios: aqui é a expansão da escola que permite a convivência desta instituição para com aquela que se apresentava, até então como umas das mais importantes instituições de socialização dos jovens do país: o trabalho. O presente artigo se propõe a analisar a questão, no quadro particular da situação brasileira, a partir de dois movimentos: primeiramente, pela constituição da noção de juventude como posição social e analítica desta sociedade; em segundo lugar, pelo uso da "ferramenta" na análise da importância relativa da escola e do trabalho na transição do jovem para a vida adulta, a partir do estudo do caso particular de conjunto de jovens de periferia do Rio de Janeiro.

Palavras-chave : Juventude; Desigualdades sociais; Processos de socialização.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português