SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Prevalência de dor musculoesquelética em corredores de rua no momento em que precede o início da corridaPerda de peso e consumo de bebidas durante sessões de treinamento de ballet clássico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289

Resumo

DANTAS, Estélio Henrique Martin et al. Adequabilidade dos principais modelos de periodização do treinamento esportivo. Rev. Bras. Ciênc. Esporte (Impr.) [online]. 2011, vol.33, n.2, pp. 483-494. ISSN 0101-3289.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32892011000200014.

O estudo identificou, sob o prisma da adequabilidade, qual o melhor modelo de periodização do treinamento esportivo (PTE). Foram considerados dois indicadores: a estrutura da periodização e a forma de modulação da carga. Foi utilizada a metanálise como ferramenta metodológica. 103 citações foram levantadas numa pesquisa sistemática, em bases de dados. A avaliação pelos critérios estabelecidos indicou cinco modelos de PTE passíveis de estudo. A análise estatística, empregando o tamanho efeito (TE), gerou um Índice de Adequabilidade (IADEQ) e a classificação dos modelos em: Muito Bom - Matveev (IADEQ = 3,44; TE = 1,13); Bom - Verkhoshansky (IADEQ = 2,88; TE = 0,57), Bompa (IADEQ = 2,66; TE = 0,34) e Regular - ATR (IADEQ = 1,96; TE = -0,37), Forteza (IADEQ = 2,25; TE = -0,07).

Palavras-chave : Educação física e treinamento; metanálise; desempenho atlético; atividade motora.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · pdf em Português