SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue1Renal response to maltodextrin and training at different intensitiesResearching peak moments in sport: a review of flow author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

Print version ISSN 0101-3289On-line version ISSN 2179-3255

Abstract

BARBOSA, Danielli Aguilar et al. Resposta aguda de variáveis clínicas e funcionais em exercício máximo de contração concêntrica versus excêntrica. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2015, vol.37, n.1, pp.87-95. ISSN 0101-3289.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rbce.2015.01.001.

O objetivo do estudo foi analisar e comparar as respostas agudas de variáveis clínicas e funcionais, após uma sessão de exercício de força máxima de contração concêntrica versus excêntrica. Foram avaliados 46 indivíduos do sexo masculino, divididos aleatoriamente em dois grupos, conforme o tipo de exercício. Na comparação entre os grupos não houve diferenças significativas. Porém, na análise de cada grupo observou-se aumento da sensação de dor (EVA) e da percepção de esforço (escala de Borg) e incrementos nas medidas da circunferência da coxa (grupo excêntrico: 10% [p<0,001], 20% [p<0,001] e 30% [p<0,05]; grupo concêntrico: 40% [p<0,01]). Para o algômetro, apenas o grupo concêntrico apresentou menor limiar (p<0,01). Pode-se inferir que estímulos controlados até 100% não são agressivos e limitantes e futuros estudos podem incluir análises de marcadores de lesão.

Keywords : Exercício físico; Força muscular; Dor; Reabilitação.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )