SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número1Capacidade de sprints repetidos e níveis de potência muscular em jogadores de futsal das categorias sub-15 e sub-17Dieta elevada em carboidratos complexos minimiza necessidade de suplementação durante jogo-treino de rúgbi: foco no sistema imune índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

GORLA, José Irineu et al. Composição corporal e perfil somatotípico de atletas da seleção brasileira de futebol de 5. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2017, vol.39, n.1, pp.79-84. ISSN 0101-3289.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rbce.2015.12.016.

O objetivo deste estudo foi verificar o perfil somatotípico e a composição corporal de atletas da seleção brasileira de futebol de 5. Participaram 23 atletas do sexo masculino. Todos foram submetidos à avaliação antropométrica e em seguida foram feitos os cálculos de índice de massa corporal (IMC), percentual de gordura corporal (%GC), somatório de pregas cutâneas (Σ9DC) e somatotipo. Observou-se que apenas os goleiros apresentaram diferença significativa (p ≤ 0,05) nas variáveis de IMC, %GC e Σ9DC em relação às outras posições. Os goleiros apresentaram perfil endomorfo-mesomorfo, os fixos mesomorfo-equilibrado e os alas e pivôs, endo-mesomorfo. Concluímos que os goleiros apresentam diferença significativa de %GC quando comparados com as outras posições e apresentaram diferenças somatotipológicas significativas em relação às outras posições. O mesmo foi observado na posição fixo quando comparados com os pivôs.

Palavras-chave : Composição corporal; Deficiência visual; Avaliação; Esporte paralímpico.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )