SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número2Efeitos agudos do exercício físico no tratamento da dependência químicaA busca pela muscularidade está relacionada aos comportamentos de checagem corporal em atletas do sexo masculino? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

MELLO, Thiago Lopes de; ROSA, Samuel Moura da; VAZ, Marcelo dos Santos  e  VECCHIO, Fabrício Boscolo Del. Treinamento de força em sessão com exercícios poliarticulares gera estresse cardiovascular inferior a sessão de treino com exercícios monoarticulares. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2017, vol.39, n.2, pp.132-140. ISSN 0101-3289.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rbce.2016.02.006.

Objetivo:

Avaliar respostas da frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e duplo produto (DP) em sessões de treino compostas por exercícios poliarticulares (STP) e monoarticulares (STM).

Métodos:

A amostra foi composta por 12 homens. As intervenções tiveram quatro exercícios de força (EF) distintos, com três séries de oito a dez repetições máximas.

Resultados:

Na PAS, a STP proporcionou incrementos inferiores à STM (p < 0,001). Observou-se efeito do momento para FC (p < 0,001) e PAD (p < 0,001). A PAD diminui após o aquecimento e teve menor valor no penúltimo EF. No DP, indica-se efeito do treino (p = 0,002), com valores inferiores para STP.

Conclusão:

STP proporcionou menor estresse cardiovascular e maior resposta hipotensiva quando comparada com a STM.

Palavras-chave : Treinamento de resistência; Força muscular; Frequência cardíaca; Pressão arterial.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )