SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número4Associação entre dependência do exercício físico e percepção da qualidade de vida no basquetebol master brasileiroAspectos biomecânicos da locomoção de pessoas com doença de Parkinson: revisão narrativa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

ROCHA, Cristiano Andrade Quintão Coelho et al. Efeitos de 20 semanas de treinamento combinado na capacidade funcional de idosas. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2017, vol.39, n.4, pp.442-449. ISSN 0101-3289.  http://dx.doi.org/10.1016/j.rbce.2017.08.005.

O estudo baseou-se em avaliar os efeitos de 20 semanas de treinamento combinado na capacidade funcional de idosas; 66 foram divididas por randomização em dois grupos, um grupo treinamento combinado (GTC, n = 33, com 69,12 ± 7 anos) e outro grupo controle (GC, n = 33, com 69,21 ± 6,60 anos). O período de intervenção da pesquisa ocorreu durante 20 semanas. A avaliação da CF foi feita pela Escala de Atividade da Vida Diária (AVD) proposta por Katz, associada à Escala das Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVD) proposta por Lawton. Para o treinamento de força muscular, usou-se carga máxima entre 70-85% de 1RM e no treinamento de resistência cardiovascular optou-se pelo uso de 70-89% da FC de reserva. Os resultados apresentam melhorais estatisticamente significativas na escala de CF de Lawton (Δ% = 21,04%, p = 0,007) e na escala de CF de Katz, (Δ% = 7,31%, p < 0,001) comparados com os do GC. Os resultados possibilitam concluir que a prática do treinamento combinado melhorou a CF de idosas.

Palavras-chave : Envelhecimento; Funcionalidade; Exercício físico.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )