SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número2Motivos para abandono e permanência na carreira docente em educação físicaPercepção dos idosos quanto aos benefícios da prática da atividade física: um estudo nos Pontos de Encontro Comunitário do Distrito Federal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

versão impressa ISSN 0101-3289versão On-line ISSN 2179-3255

Resumo

BARAHONA-FUENTES, Guillermo D.; LAGOS, Rodrigo Soto  e  OJEDA, Álvaro C. Huerta. Influência do autodiálogo sobre os níveis de ansiedade e estresse nos jogadores de tênis: uma revisão sistemática. Rev. Bras. Ciênc. Esporte [online]. 2019, vol.41, n.2, pp.135-141.  Epub 04-Jul-2019. ISSN 0101-3289.  https://doi.org/10.1016/j.rbce.2018.04.014.

O aumento nos níveis de ansiedade e estresse tem sido relacionado na maioria das vezes a efeitos negativos no desempenho de atletas, de modo que o uso de habilidades psicológicas como a autodiálogo tem sido utilizado para gerenciar a ansiedade e o estresse para obter melhor desempenho esportivo. Este artigo apresenta uma revisão sistemática focada em intervenções que utilizaram o autodiálogo como método de treinamento mental para controle 2 níveis de ansiedade e estresse em tenistas. Foram encontrados apenas três estudos que investigaram o método de autodiálogo em variáveis psicológicas e apenas um estudo que avaliou o efeito sobre a ansiedade. Por essa razão, sugere-se mais pesquisas que abordem as variáveis mencionadas.

Palavras-chave : Ansiedade; Estresse; Auto-diálogo; Tênis.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )