SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número84Sociedade democrática e tolerância liberalSobre a qualidade do crescimento: atores, instituições e desenvolvimento local índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Novos estudos CEBRAP

versão impressa ISSN 0101-3300versão On-line ISSN 1980-5403

Resumo

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos  e  DINIZ, Eli. Empresariado industrial, democracia e poder político. Novos estud. - CEBRAP [online]. 2009, n.84, pp.83-99. ISSN 0101-3300.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-33002009000200006.

Os empresários industriais e a burocracia pública formaram um pacto político que foi dominante no Brasil desde os anos de 1930 até a década de 1980. O nacional-desenvolvimento era a estratégia de desenvolvimento que esse grupo adotou. Entretanto, o desastre econômico e político que o Plano Cruzado representou e a hegemonia mundial do neoliberalismo desde os anos de 1980 foram determinantes na sua perda de poder. A Fiesp e o Iedi não foram capazes de apresentar um discurso alternativo ao discurso então dominante neoliberal. A partir de 2000, porém, e particularmente desde o governo Lula, existem sinais de que estão reorganizando seu discurso e dando um conteúdo macroeconômico mais consistente com o controle da inflação e o crescimento econômico.

Palavras-chave : Industrialização; empresários; nacionalismo; neoliberalismo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons