SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue2Tendências da desigualdade salarial para coortes de mulheres brancas e negras no BrasilContagion in the Brazilian interbank currency exchange market: an empirical analysis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Estudos Econômicos (São Paulo)

Print version ISSN 0101-4161On-line version ISSN 1980-5357

Abstract

GIL-ALANA, Luis A.. Empirical evidence against the exchange rate anomaly: the Australian case. Estud. Econ. [online]. 2006, vol.36, n.2, pp.237-250. ISSN 0101-4161.  http://dx.doi.org/10.1590/S0101-41612006000200002.

Embora haja um acordo difundido de que o ponto logarítmico e as taxas para frente são ambas integradas de variáveis da ordem um (I(1)), de modo que seus retornos correspondentes sejam I(0) estacionário, tem-se reivindicado recentemente que elas podem ser memória longa.  Neste artigo, examinamos esta hipótese por meio do uso de técnicas fracionárias de integração.  Os resultados baseados em testes paramétricos e semiparametricos mostram que embora os graus fracionários de integração sejam alternativas plausíveis, os intervalos de confiança incluem o caso da raiz unitária em ambas as séries.  Além disso, a hipótese de não viés da taxa para frente como um preditor para a taxa a vista futura não pode ser rejeitada para o caso australiano.

Keywords : taxa a vista e taxa futura; integração fracionária; memória longa.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License